quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Quinta - Sol doentio

Um sol doentio e infame continua penteando a superficie de terra que me rodeia. Estou farto e sinto - me mal com este clima.

O vizinho da frente , o Zé Caldeira , parece ter acabado de chegar de Espanha onde se encontra a trabalhar há já muitos anos. Já não o vejo  há bastante tempo . Aliás , o mesmo acontece com muitos outros e outras aqui da terra. Só me reconhecerá porque saio da casa à sua frente , que ele sabe a quem pertence. 
Mais um preço a pagar pelo afastamento desta terra ,sem justificação ,a que me votei a mim próprio uma série de anos consecutivos.

Sinto - me aflito ! Um português sem rumo e sem projecto. À semelhança do País onde habito.