quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

Na expectativa...

... espero , a todo o instante , estar preparado para o que me vai acontecer. Como um soldado na trincheira...
Sempre foi assim! É coisa antiga: um misto de ansiedade e receio ; inoculados sem que eu tivesse dado conta , cedo se instalaram em mim , desde cedo me apertam o coração.


A juntar a isto , a preguiça! Intrínseca ou sobrevinda , ei-la , companheira, concubina , amiga da onça...


Mistura inconveniente e explosiva!...


Por causa disto  ou , melhor , também por causa disto estou agora sozinho em casa , sentado no sofá , na expectativa...
Na expectativa que o tempo recue e me transporte ao momento , lá atrás , algures na infância , onde me perdi e a minha alma se desencontrou; onde perdi a confiança no ser humano , logo , por consequência, em mim próprio.


Momento doloroso! ontem, quando aconteceu e agora , que o recordo.