domingo, 25 de dezembro de 2016

Natal

Uma brisa fria penteia-me os ombros descobertos que o lençol não consegue tapar , enquanto , em fundo , ouço Lhasa de Sela , trovadora americana , que em 2010 , vítima de cancro , morreu aos 37 anos e que descobri por acaso.

O Natal acabou de passar pelo rés-do-chão e depois disso subi até aos meus aposentos para um necessitado recolhimento , não com muito natal em mim porque esse tempo talvez já tenha passado , mas com um relativo aconchego na alma e algum calor no coração.