domingo, 8 de julho de 2018

É como se voltasse a ser adolescente de novo , agora que a meia idade está por um fio. É estranho , mas não faz mal! E esta sensação trouxe-me à memória uma frase ouvida ontem à noite: "A vida é circular", disse a dada altura , Gisela João na apresentação de uma das canções do espectáculo . É um tanto assim. Parece que caminhamos em frente , por uma linha imaginária , avançando , mas às tantas andamos em círculos , repetindo , em diferentes fases da vida , as mesmas coisas , aquelas coisas fundacionais e básicas : o amor , o ódio , a amizade , a zanga , o sorriso , o choro , o arrependimento , o contentamento ... , como se tudo estivesse , inverosímil e anacronicamente , a acontecer pela primeira vez. É estranho , mas não faz mal ! Sobre os círculos ( e a sua simbologia ) há tratados vários: da matemática à astrologia , passando pela antropologia e religião. Afinal a terra é uma esfera que ao rodar incessantemente sobre si própria imprime uma permanente e continua repetição a que nenhum ser vivo escapa.Como poderia eu escapar?!...