quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

Dou por mim , amiúde , a pensar na estranheza do mundo real ( não tenho evidências de mais nenhum outro ) e isso deixa - me profundamente abalado.
Observo a forma como a sociedade humana se foi organizando ao longo dos tempos , o esforço imenso que isso acarretou e acarreta , mas mesmo assim há momentos em que nada parece fazer sentido.